Princípio #4 – Respeite as regras, mesmo as mais simples

Essa regra parece óbvia demais, mas não custa nada repetir: respeite as regras, mesmo as mais simples!

Não adianta ficarmos na hipocrisia de criticar políticos corruptos quando nós mesmos quebramos várias regras no dia-a-dia…

Atravessar fora da faixa, passar no sinal vermelho, fotografar dentro do museu, dar proprina ao guarda, não devolver o troco que recebemos a mais…

São tantas coisas erradas que inocentemente fazemos na nossa rotina achando que não haverá mal algum.

O que acontece é que quando achamos que não é tão grave assim descumprir uma regrinha aqui, daqui a pouco não será tão grave descumprir uma regrinha ali, e depois ali e depois ali. De repente a regrinha boba virou uma regra mais séria. “Ah, mas tudo bem, não é tãããão séria assim”. E por aí vai…

Óbvio que não é por que hoje atravessei a faixa no sinal vermelho que amanhã estarei assaltando um banco.

O problema é que quanto mais permissiva nossa sociedade for quanto a esses pequenos delitos, mais à vontade se sentirão os maus elementos para cometerem crimes mais graves. E isso também tem tudo a ver com a Regra 5 – Corrija quem está errado.

Mas antes de pensar em se os outros estão seguindo as regras, pense em você mesmo! Antes de cobrar dos outros, dê você mesmo o bom exemplo!

< Voltar para os 11 Princípios